Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora
Músicas recentes: Veja as músicas que já tocaram por aqui.

PMs dizem ter dado sete tiros de fuzil durante ação em que morreu Kathlen, no Rio - Antena Mix 97,1MKz


No comando: O SOM DO FORRÓ

Das 5:00 às 7:00

No comando: ARQUIVO X

Das 6:00 às 8:00

No comando: SEQUÊNCIA PROGRAMADA

Das 7:00 às 8:00

No comando: FORRÓ DA MELHOR

Das 8:00 às 10:00

No comando: CONEXÃO TOTAL

Das 8:00 às 10:00

No comando: SINTONIA TOTAL

Das 8:00 às 10:00

No comando: ONLINE MUSICAL

Das 10:00 às 11:00

No comando: FESTIVAL SERTANEJO

Das 10:00 às 12:00

No comando: 120 MINUTOS

Das 10:00 às 12:00

No comando: GIRO MUSICAL

Das 11:00 às 12:00

No comando: 80 POR HORA

Das 12:00 às 13:00

No comando: SUPER HITS

Das 12:00 às 13:00

No comando: TOP 30

Das 12:00 às 14:00

No comando: ESPECIAL DO ARTISTA

Das 13:00 às 14:00

No comando: FREQUENCIA QUENTE

Das 13:00 às 14:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 14:00 às 16:00

No comando: ARENA POP

Das 14:00 às 16:00

No comando: POP MUSIC

Das 14:00 às 16:00

No comando: SALADA MUSICAL

Das 16:00 às 17:00

No comando: CONEXÃO JOVEM

Das 16:00 às 17:00

No comando: VITRINE MUSICAL

Das 16:00 às 18:00

No comando: GÁS TOTAL

Das 17:00 às 19:00

No comando: INTERLIGADOS

Das 17:00 às 19:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 18:00 às 21:00

No comando: RÁDIO REVISTA

Das 19:00 às 20:00

No comando: AMNÉSIA

Das 19:00 às 21:00

No comando: GÁS TOTAL

Das 20:00 às 22:00

No comando: SONGS OFF LOVE

Das 20:00 às 22:00

No comando: COMANDO T-BEAT

Das 21:00 às 22:00

No comando: CONEXÃO DANCE

Das 22:00 às 23:00

No comando: COMANDO T-BEAT

Das 22:00 às 23:00

No comando: INTENSIDADE

Das 22:00 às 23:00

No comando: CONEXÃO DANCE

Das 23:00 às 00:00

PMs dizem ter dado sete tiros de fuzil durante ação em que morreu Kathlen, no Rio

Perícia mostra que jovem foi morta com tiro de fuzil no tórax e mãe afirma que autor do disparo é policial; PM nega. Ao todo, 21 armas de militares foram apreendidas.

Policiais que participaram de uma ação no Complexo do Lins na última terça-feira (8) afirmaram ter dado sete tiros de fuzil. Durante o tiroteio, a jovem Kathlen Romeu foi atingida e morta.

Ao todo, 21 armas de policiais foram apreendidas. A Polícia Civil investiga o caso e tenta descobrir de onde partiu o disparo, mas já sabe que uma bala de fuzil cortou o tórax de Kathlen.

De acordo com a mãe da jovem, que estava grávida, sua filha foi morta por um policial militar.

“Se a minha filha fosse morta por bandido eu não falaria nada com vocês porque eu sei que eu moro em um lugar que eu não poderia falar. Então ficaria na minha. Mas não foi. Foi a polícia que matou a minha filha. Foi a PM que tirou a minha vida, o meu sonho”, disse Jaqueline de Oliveira Lopes.

A polícia nega. De acordo com a versão dos militares, uma guarnição da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) com quatro PMs foi atacada por bandidos e revidou.

A jovem estava em um dos acessos à comunidade, de onde tinha se mudado há um mês por medo da violência, quando começaram os disparos. Ela ia visitar a avó materna, Sayonara Fátima.

À Polícia Civil, o cabo Marcos Felipe da Silva Salviano disse ter disparado cinco vezes de fuzil e que seu colega cabo Rodrigo Correia de Frias atirou outras duas vezes.

As informações constam em dados da ocorrência da própria PM e no depoimento na delegacia. Cabo Salviano afirma que outras equipes da UPP também estavam em patrulhamento tentando cercar os criminosos, mas não soube informar se os outros policiais também dispararam.

De acordo com reportagem do “O Globo”, as munições foram recolhidas do local onde Kathlen foi morta e nenhum vestígio foi encontrado.

As munições apresentadas na delegacia estavam intactas.

Deixe seu comentário: